facebook bloom instagram bloomEncontre-nos nas redes sociais

Nosso plantio

Plantio Bloom

Localizado em São Lourenço da Mata (Região Metropolitana do Recife), o cultivo foi iniciado por Mariana há cerca de um ano. Lá são desenvolvidas, de modo sustentável, 69 espécies de flores e folhagens tropicais. Protagonistas em floriculturas locais, restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos pernambucanos, as plantas transmitem a pluralidade da riqueza natural brasileira e poderão ser adquiridas também por meio de um e-commerce da marca a ser inaugurado ainda em 2018. O local serve conta ainda com alimentos orgânicos, que devem chegar em breve à mesa dos recifenses.
“Nossa ideia é tornar o Plantio totalmente sustentável. Já reaproveitamos, de certa forma, a água da chuva para irrigar o cultivo, mas queremos ir além, através da implantação de painéis de energia solar, que possam alimentar, por exemplo, os contêineres refrigerados que usamos para manter a conservação das plantas, retirar 100% o uso de materiais de plástico e trabalhar somente com papelão”, comenta Mariana, que fez cursos como o Horta em Todo Canto no Instituto Agronômico de PE (IPA), investiu cerca de R$ 57 mil no desenvolvimento do plantio, e contou ainda com o apoio do Sebraetec, para a implantação da iniciativa.
Produzidas no Plantio, as plantas são disponibilizadas também, no formato de assinaturas florais, por meio do braço da marca, As Flores do Mundo, que comercializa arranjos em cinco tamanhos distintos, a partir de R$ 170/mês, com trocas florais a cada semana. Bem como, através de encomendas para eventos específicos, a exemplo de casamentos e formaturas, e da presença da BiciBloom – bike que apresenta os produtos da empresa em locais, como feiras orgânicas, bazares e eventos alinhados com a proposta do Cultive-se…
“Comecei a primeira loja das Flores do Mundo logo após a morte do meu pai em 2016. Queria proporcionar uma vida mais florida, colorida e alegre às pessoas, a partir do contato delas com a natureza por meio dos arranjos florais naturais.”, conta.
Após a morte do pai, Mariana sentia que precisava fazer alguma coisa a mais para melhorar a qualidade de vida dos recifenses. “Recife me acolheu, sempre de forma calorosa em momentos muito importantes da minha vida. Foi aí que o Conceito Bloom ganhou fôlego e se transformou na Semana Bloom (cuja 1ª edição foi em 2017) e se alinhou com a proposta do Plantio em São Lourenço da Mata, que e baseia em constituir um estilo de vida realmente sustentável, não só do ponto de vista ambiental, mas de ser algo que permeie as relações sociais, familiares, proporcionando uma integração com o meio em que vivemos de forma mais plena e feliz”, explica.

Bloom e a perspectiva de semear sempre boas ideias

Marca pernambucana busca desenvolver conceito de sociedade mais verde e sustentada em práticas que buscam o bem-estar com consigo e o meio ambiente

Da tradução do inglês, Bloom significa florescer, florir. É baseada nesse sentido, que a empresária pernambucana Mariana Maciel idealizou o Cultivo Bloom – Cultive-se há cerca de dois anos. O conceito desenvolvido pela caruaruense, fortemente influenciado por experiências pessoais e vivências na região Sul do país, é focado em desenvolver nas pessoas uma consciência mais cidadã, colaborativa e de bem-estar sustentável, atrelada principalmente à necessidade de cidades mais verdes.
Combustível para iniciativas inovadoras, como a Semana Bloom – que chega à sua 2ª edição em maio de 2018, reunindo cases de sucesso do empreendedorismo com projetos socioambientais, além de promover oficinas de capacitação para jovens em situação de vulnerabilidade social, palestras e workshops para público geral, atividades de lazer, intervenções urbanas e artísticas, entre outras ações, que permitem a propagação de um ideal ímpar de sustentabilidade e cidadania – o conceito Bloom se desenvolve ainda em outras frentes.

2ª Semana Bloom

Baseada no 15º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS 15) – atrelado a proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e frear a perda de biodiversidade, entre outros pontos – a Semana Bloom #PorCidadesMaisVerdes de 2018 deve acontecer entre os dias 23 e 26 de maio. Na programação, estão previstas feira agroecológica, oficina de gastronomia sustentável, oficinas de pintura e germinação, intervenções urbanas (Ocupa Bloom), apresentação e debates sobre projetos socioambientais, curso de hortas orgânicas, shows musicais e apresentações artísticas, entre outras atividades.